Tipos de salto – conheça 12 modelos e inspire-se

A história dos tipos de salto nos conta que eles, inicialmente, eram usados para demonstrar superioridade. Isso começou no Egito Antigo e a ideia desse símbolo de status se perpetuou até os anos 1600.

Atualmente, eles seguem proporcionando elegância ao visual e aprimorando as produções. Conheça, ao longo deste post, os principais tipos de salto e onde usar cada um deles.

Mas, antes irmos aos modelos propriamente, entenda a referência de altura que usamos:

  • Baixo: de 2,5 a 5 cm;
  • Médio: de 6 a 8 cm;
  • Alto: de 8,5 a 10 cm;
  • Muito alto: acima de 11 cm.

1. Anabela

O salto Anabela percorre todo o solado do calçado, sendo uma opção encontrada em modelos médios e altos. Os calcanhares ficam alguns centímetros mais altos que a frente e o modelo ajuda a aliviar o peso nas pernas.

A variação entre os diferentes saltos Anabela existentes fica por conta dos materiais usados no acabamento, como por exemplo a palha, o verniz ou o acrílico.

modelousasaltoanabelabegedacapodarte

2. Vírgula

O salto vírgula, como o próprio nome sugere, é no formato de uma vírgula. A sua curvatura transmite a sensação de movimentação e torna o calçado diferenciado.

O tamanho não ultrapassa o alto, por isso faz sucesso nas produções de mulheres que precisam ficar muito tempo em pé.

modelovestesaltovirgulamarromdacapodarte

3. Agulha

O salto agulha é fino, reto e muito alto, tornando-se a opção favorita para produções impactantes. Desta lista, é o modelo mais difícil para aprender a andar, afinal, muda completamente o ponto de equilíbrio corporal.

Por isso, a mulher que usa um salto agulha chama a atenção de todos em uma festa.

modelousasaltoagulhaazuldacapodarte

4. Reto

O salto reto é semelhante ao salto agulha, porém ele é levemente mais espesso e varia entre o baixo e alto.

Este salto está presente nas famosas sandálias de salto com tira no tornozelo usadas em passarelas e tapete vermelho, ou em produções do estilo minimalista.

É a elegância que os eventos formais pedem. Use este modelo em uma inauguração de loja ou num evento sofisticado, por exemplo.

saltoretonudedacapodarte

5. Bloco

O salto bloco ganhou notoriedade com o rei Luís XIV (1643-1715), que usava um clássico salto bloco vermelho – na época, ele calçava o par com o intuito de aumentar a sua estatura e mostrar que era nobre.

Atualmente, o modelo compõe visuais de todos os estilos, seja casual ou elegante, já que combina com vestidos amplos e peças alfaiataria.

É fácil para andar, pois é estável em diferentes solos. Aposte na atemporalidade do salto bloco, principalmente se você é mãe com crianças pequenas e não abre mão dos saltos.

saltoblocolaranjacapodarte

6. Cone

O salto cone possui o formato de um cone invertido, ou seja, com a pontinha para baixo. O tamanho varia entre médio e baixo, sendo fácil para andar. Logo, o modelo cone é recomendado para quem está aprendendo a andar de salto.

Invista no salto cone para sua filha: é um grande auxílio para o processo de aprender a se equilibrar nos saltos finos.

saltoconerosaclarodacapodarte

7. Meia pata

O modelo meia pata tem o salto fino na parte traseira e uma estrutura larga na na parte frontal do calçado. Dessa forma, os pés não ficam inclinados de forma desconfortável, o que aumenta a estabilidade para andar.

O salto do calcanhar tem liberdade para ser agulha ou reto. O modelo meia pata é altíssimo, portanto marca presença em desfiles, competições de beleza e eventos grandiosos.

sapatomeiapatasaltoaltocapodarte

8. Taça

O salto taça tem a base larga (de preferência quadrada) e o topo fino. A estética ganhou os corações das influenciadoras por sua diferenciação no visual e pela estabilidade nas passadas.

Os tamancos e sandálias aderiram ao salto taça com força total, em que o tamanho varia entre baixo e médio. É uma ótima opção para usar em eventos informais, como coquetéis.

botasaltobaixotacadacapodarte

9. Kitten Heel

O salto kitten heel, (salto calcanhar de gatinho, em tradução livre) é fino, reto e baixo, sendo o mais comum em botas de cano curto.

É ideal para montar visuais poderosos durante o inverno e outono e é ótimo para combinar com visuais minimalistas, já que é super discreto nos pés.

saltomarromcomkittenheel

 

10. Flatform

O salto flatform (forma plana, em tradução livre) não é vertical igual aos outros dessa lista, e sim reto na horizontal. Por conta disso, é polêmico no mundo da moda.

É um salto que está presente em sandálias do verão que compõem visuais alternativos urbanos e que também são usados em tênis robustos.

É a opção preferida das jovens no mundo empresarial. Use este modelo para trazer jovialidade às produções e assegurar o conforto aos pés.

sapatopretocomsaltoflatform

11. Geométrico

O salto geométrico é feito nos formatos geométricos, assim como o nome sugere. Triângulos, círculos, quadrados, retângulos fazem parte dessa estética.

Podem ser únicos ou duplos (por exemplo, quadrado com círculo) – ambos têm o poder de transformar o visual básico em sofisticado.

Resumindo, os saltos que usam padrões da geometria são conhecidos como saltos geométricos. Invista nesses modelos para diferenciar o visual.

saltogeometriconudedacapodarte

12. Plataforma

O salto plataforma é um dos favoritos das mulheres apaixonadas por salto alto. O modelo envolve o solado por completo, assim como o Anabela.

Porém, aqui, eles possuem os calcanhares mais altos, variando entre midi o e alto. É ótimo para quem anda muito durante o dia – com esse salto, você garante firmeza nas passadas e não cansa o corpo.

saltoaltoplataformadacapodarte

Caso queira conferir botas, sandálias, Espadrilles e outros calçados com os saltos listados neste post, conheça as opções de sapatos da Capodarte e e se surpreenda com a elegância e sofisticação dos nossos modelos.

Já sabe qual seu tipo de salto favorito? Conte para nós nos comentários e siga acompanhando o blog Capodarte para ficar informada sobre o glossário da moda!

Aproveite para conhecer também:
Dicas de estilo casual
Como usar bolsa clutch

Avalie este post