Como limpar bolsa de couro: dicas e materiais seguros

Não há dúvidas de que as bolsas de couro são uma das preferidas de todas as mulheres do mundo por possuírem um toque requintado que vai bem com todos os visuais.

No entanto, existe um impasse vivido por grande parte das proprietárias desses acessórios: a limpeza adequada.

O couro é um material que, apesar de resistente, exige cuidados rígidos em relação ao calor e à umidade. Se contrariados, ao invés de auxiliarem na preservação da sua bolsa, podem acabar causando danos permanentes.

Para te ajudar com isso, nós, do blog da Capodarte, separamos 3 dicas para limpar bolsas de couro corretamente. Acompanhe!

1. Comece com um pano úmido na parte externa

Inicie a limpeza com um pano ou flanela levemente umedecido com água e um pouco de detergente neutro. É ele que vai ajudar a remover as sujeiras mais evidentes na bolsa. Passe em todo o exterior do acessório com delicadeza.

O material do tecido deve ser de algodão e totalmente liso para não riscar a bolsa. Em hipótese alguma utilize tecidos de outros materiais ou ainda esponjas, que podem provocar arranhões bem evidentes nas bolsas e prejudicar sua estética.

Outro ponto é que o pano não deve ser encharcado, pois a umidade excessiva pode provocar bolor e manchas.

Caso queira adquirir produtos especializados para substituir o detergente neutro e potencializar o processo, há limpadores especializados no mercado para te auxiliar.

Além de tirar as manchas e sujeiras suavemente, esses produtos possuem pH neutro, ideal para prolongar a vida útil do couro.

Bolsa Capodarte

Leia também: O que é matelassê? Conheça esse estilo de costura clássica

2. Deixe a bolsa secar na sombra

A umidade é um dos principais perigos para a integridade do couro. Após a limpeza, a bolsa estará levemente umedecida, então é preciso passar uma flanela completamente seca por toda a sua área.

Contudo, esse processo não acaba aí: ainda é preciso deixar o acessório secar naturalmente na sombra. Nunca coloque diretamente no sol ou use secadores de cabelo para acelerar o processo!

O ar quente muito provavelmente vai fazer com que o couro fique danificado ou descascado.

3. Os bolsos e a parte interna também merecem atenção

Como são eles que comportam seus pertences e acabam acumulando resíduos, os bolsos e a parte interna também precisam ser limpos. Esvazie completamente os compartimentos e sacuda a bolsa para que a sujeira grosseira seja eliminada com facilidade.

Em seguida, use um rolo adesivo, fita ou aspirador de pó para remover os resíduos pequenos que ficam impregnados.

Se a parte interna for de tecido, use um pano levemente umedecido com água morna e vinagre para desinfetar e dar o acabamento. Em algumas bolsas é possível puxar o forro para fora, o que facilita o processo.

Quando tudo estiver bem limpo, deixe o acessório descansar para secar naturalmente.

Obs.: Essa dica não vale para bolsas cujo interior é de couro. Nesse caso, siga as instruções listadas no primeiro tópico: limpar com uma flanela levemente úmida e seca logo após.

4. Não se esqueça dos acabamentos em metais

Algumas bolsas possuem detalhes em metais, como fivelas e zíperes, e eles também precisam ser limpos para evitar acúmulo de bactérias e deixar sua bolsa com aspecto de nova em folha.

Para a sua limpeza, use um pano umedecido com álcool 70° e passe suavemente nas partes metálicas.

Tome muito cuidado para não deixar o álcool entrar em contato com o couro da bolsa, pois ele pode manchar o tecido. Caso os metais sejam bem pequeninos, é mais seguro limpá-los com um cotonete.

Após limpar, você pode usar um lustrador de metais para deixar toda a parte metálica com muito brilho.

Bolsa Capodarte aberta

Leia também: Como usar a Bolsa Clutch

Cuidados que devem ser tomados com a sua bolsa de couro

Além da limpeza periódica, é importante tomar alguns cuidados logo após a limpeza e durante o uso para não reduzir a vida útil da sua bolsa de couro. Confira abaixo:

Nunca deixe sua bolsa exposta ao sol

Quando exposto muito tempo ao sol, o couro pode ressecar, causando perdas de coloração e rachaduras em sua bolsa.

Não significa que você não possa usá-la na rua em um dia ensolarado, os cuidados são especificamente para quando ela estiver em repouso – evite deixá-la em superfícies que recebem incidência direta do sol.

A sua bolsa também precisa de hidratação

Assim como sua pele, o couro também precisa ser hidratado para evitar seu ressecamento. Para isso, existem hidratantes específicos para couro que podem oferecer o acabamento e o cuidado necessário que sua bolsa precisa.

Cuide até mesmo na hora de guardar

Quando chegar em casa, os cuidados no armazenamento são essenciais para preservar sua bolsa. Evite deixá-la em qualquer lugar: planeje um espaço específico que fique longe de umidade e da luz solar.

Evite deixá-la pendurada, ao passo que sua alça será forçada constantemente, o que também pode provocar deformação ou danos a longo prazo. Ao invés disso, mantenha-a sempre em pé.

As suas roupas também podem interferir

Já notou que alguns tecidos mais rígidos – o jeans, por exemplo – ficam em atrito constante com a bolsa conforme você caminha? É preciso ter cuidado para que isso não desgaste a peça e provoque imperfeições indesejadas na sua estrutura.

Infográfico de cuidados após a limpeza

Leia também: Como usar cintos finos e largos?

Como visto, as bolsas de couro exigem diversos processos em sua manutenção, mas é apenas questão de costume até que você passe a adotá-los de forma natural. O importante é cuidar de sua peça e conservá-la sempre em estado de nova!

Esperamos que tenha gostado deste conteúdo e que tenhamos te ajudado! Esses são outros posts do blog da Capodarte que podem te interessar:

– Scarpin vermelho – Como usar e 12 ideias de composições

– Moda atemporal: saiba como investir nesse estilo

4/5 - (Total de avaliações: 2)